Les Culottes


A Urban Outfitters é uma das lojas de Hamburgo que mais gosto de visitar. É enorme, tem dois pisos e sempre um monte de coisas giras para ver e experimentar, seja roupa, seja objectos de decoração para a casa, todos divertidos e invulgares. Há lojas com personalidade e esta é uma delas, até mesmo on-line. Infelizmente, não é das mais baratas e, por isso mesmo, ando sempre atenta à minha secção preferida que aparece sob a etiqueta "sale"! Foi lá que encontrei estas culottes da Cooperative a uns muito agradáveis 19€. Melhor compra para este Verão. Assentam como uma luva, são elegantes, leves, frescas, fluidas, versáteis e todos os adjectivos bons de que agora não me lembro. Já tinha umas culottes em linho da Weekday e são, definitivamente, o tipo de peça com que me sinto confortável. Juro que não exagero quando digo que podia andar assim vestida durante todo o Verão. Desta vez, decidi combiná-las com as babuchas pretas da Zara (outra boa compra, é como calçar nuvens) e a blusa branca da H&M Trend com costas abertas que comprei no passado ano. Os óculos são da Mr. Boho. Chegaram os dias quentes e eu não podia estar mais in heaven! Já não me lembrava o que era sol e calor.

E vocês? Gostam de culottes ou nem por isso?

O Equador na minha sala-de-estar



Lembram-se deste post? Pois bem. Tinha grandes planos para a varanda, mas trocaram-se/me as voltas por este lado e acabei por colocar esta almofada na sala que, em boa verdade, estava a precisar de um novo elemento.

Vivo numa casa pequena feita de recantos. Vivo numa casa pequena feita de detalhes. A mesinha-de-cabeceira com o candeeiro de laivos clássicos, a enorme janela da cozinha que emoldura a natureza luxuriante que nos rodeia e que abriga os nossos vizinhos esquilos e coelhos ("coelhos" com minúscula, é muito menos problemático), a estante que, aos poucos, se compõe com os nossos livros que contam estórias de outros, mas a nossa também. As cores mantêm-se em tons neutros, uma boa base para construir, aos poucos, algo mais. Impaciente e insatisfeita por natureza, ando em permanente busca por pormenores que venham trazer personalidade ao nosso espaço. E é assim - devagar - que esse "nosso" vai ganhando verdadeiro sentido. Esta almofada da Pedroso & Osório veio, com certeza, trazer mais vida à nossa sala-de-estar que é, de resto, o sítio onde passamos mais tempo. As cores, os padrões e texturas da colecção Equador (pelas mãos - e imaginação - da Barbara Osorio Fabrics) são, como o nome indica, fruto de inspiração exótica pela qual me deixei contagiar aquando da compra da jarra transparente e dourada e da vela em forma de ananás, também ela dourada. Flores frescas sempre. Desta vez, brancas e simples. Não precisava o meu (re)canto de mais nada. 

Se, também vocês, andam com enorme vontade de mudar qualquer coisa em vossa casa, afianço-vos de que encontrarão boa inspiração pela página da marca. Tecidos bonitos não faltam e simpatia para vos ajudar a escolhê-los também não. Há showroom no Porto e em Lisboa, mas deixo-vos, abaixo, contactos úteis.
________________
www.pedrosoeosorio.com 
barbara.osorio@pedrosoeosorio.pt
 
sales@pedrosoeosorio.pt
 
carolina.sampaio@pedrosoeosorio.pt

Babuchas


Adoro a elegância das babuchas e quando vi estas na Zara, não tardei em encomendar umas porque pressenti que este tipo de calçado se ia vender como pão fresco, não fosse um tanto ou quanto tendência. Estive na dúvida entre estas e as da H&M com padrão cobra, mas acabei por optar pelo sofisticado e versátil preto. Lembram-me destinos quentes, longínquos e árabes. Acima de tudo, são confortáveis e dias de Verão para mim são sinónimo de calçado raso. E vocês? Gostam? 
© laissez moi
Design:Maira Gall.